Publicidade

Notícias de saúde

Estresse aumenta o risco de obesidade entre os jovens, diz estudo

18 de maio de 2009 (Bibliomed). Pesquisadores da Universidade do Estado de Iowa alertam que o aumento dos níveis de estresse entre os jovens está associado a uma maior probabilidade de eles se tornarem obesos. Em artigo publicado este mês no Journal of Adolescent Health, eles destacam que as políticas dirigidas ao combate à obesidade adolescente devem considerar a influência da redução do estresse.

Avaliando mais de mil adolescentes com idades entre dez e 15 anos e suas mães – todos de famílias de baixa renda vivendo em grandes cidades dos Estados Unidos –, os pesquisadores descobriram que 47% dos jovens tinham sobrepeso ou obesidade. Porém, entre aqueles afetados por quatro ou mais fatores de estresse – incluindo notas baixas, problemas de saúde mental e abuso de álcool e drogas – essa porcentagem subia para 56,2%.

Além disso, as análises indicaram que um aumento nos “estressores” da mãe aumentava a probabilidade de um adolescente com insegurança alimentar estar acima do peso.

“No geral, altos níveis de estressores individuais aumentaram a probabilidade de ter sobrepeso ou ser obeso para os adolescentes”, destacaram os autores. “Políticas endereçadas à obesidade adolescente deveriam considerar os benefícios de reduzir os estressores individuais enfrentados por adolescentes de baixa renda e, para os adolescentes com insegurança alimentar, os benefícios de se reduzir os estressores de sua mãe”, concluíram.

Fonte: Journal of Adolescent Health. 16 de maio de 2009.

Copyright © 2009 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: