Publicidade

Notícias de saúde

Rimonabant tem efeitos a longo prazo na perda de peso

01 de março 2006 (Bibliomed). O Rimonabant, um medicamento capaz de atuar no sistema endócrino, pode reduzir o peso e melhorar o risco de surgimento da chamada síndrome metabólica, em pacientes que têm sobrepeso ou são obesos. Para se fazer o diagnóstico da síndrome metabólica, são levadas em consideração a gordura abdominal e o peso, a taxa de glicose no sangue, a hipertensão arterial, o HDL colesterol (o chamado "bom" colesterol) e a dosagem de triglicérides. A ocorrência de três ou mais alterações dentre estas 5 situações passa a constituir no indivíduo a Síndrome Metabólica.

Pesquisadores do estudo RIO North America, realizaram um estudo em centros de pesquisas norte americanos para comparar a eficácia e a segurança entre o rimonabant e um medicamento placebo (sem efeito). A pesquisa foi realizada de Agosto de 2001 a Abril de 2004 e foi associada a dieta e exercícios, e o resultado final avaliou as mudanças sustentadas no peso e no risco metabólico e cardíaco. Foram avaliados 3.045 pacientes com obesidade ou sobrepeso, além de hipertensão ou alterações nas taxas de gorduras sangüíneas.

Os resultados indicaram que no primeiro ano do estudo, 20% do grupo que usou o placebo perdeu pelo menos 5% do seu peso corpóreo, contra 48,6% do grupo que usou Rimonabant na dose de 20 mg ao dia. No segundo ano, os componentes do grupo do placebo ganharam peso, enquanto que aqueles recebendo rimonabant continuaram a perder peso.

A pesquisa foi publicada na revista JAMA – Journal of the American Medical Association da semana passada.

Fonte: JAMA - Journal of the American Medical Association 2006;295:761-775.

Copyright © 2006 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: