Publicidade

Notícias de saúde

Consumo de maçãs previne o câncer de mama

18 de março de 2005 (Bibliomed). Já foi demonstrado que o consumo regular de frutas e legumes encontra-se associado com risco reduzido de contrair doenças crônicas como câncer e doença cardiovasculares. O consumo freqüente de maçãs é um dos principais contribuintes de fitoquímicos nas dietas humanas.

Já foi previamente relatado que o extrato de maçãs tem uma forte atividade antioxidante e também atividades antiproliferativas, e que a parte principal da atividade antioxidante é da combinação total dos fitoquímicos.

Pesquisadores da Cornell University de Nova Iorque sugeriram que os fitoquímicos, inclusive os fenóis e os flavonóides sejam os compostos bioativos nas maçãs que contribuam com a saúde. Em artigo publicado esta semana na revista Journal of Agricultural and Food Chemistry os pesquisadores apresentaram um modelo experimental em camundongos, onde se verificou a prevenção do câncer mamário relacionado com a dose da ingestão de extratos de maçã, em doses comparáveis ao consumo humano de uma, três, e seis maçãs por dia.

Este estudo demonstrou que o extrato de maçã inibe o crescimento do câncer mamário no modelo experimental, e, assim, o consumo de maçãs pode ser uma estratégia efetiva para proteção contra o câncer em seres humanos.

Fonte: J. Agric. Food Chem., 53 (6), 2341 -2343, 2005.

Copyright © 2005 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: