Publicidade

Notícias de saúde

Poluição agrava doenças cardíacas

02 de Agosto de 2002 (Bibliomed). Ambientes poluídos pioram não apenas as doenças respiratórias, como também as enfermidades cardíacas. Essa foi a conclusão de um estudo realizado recentemente pelo Instituto Nacional de Saúde Pública, em Kuopio, na Finlândia.

Os pesquisadores descobriram que os pacientes com doenças cardíacas expostos a poluição de chaminés de fábricas e canos de descarga de ônibus e caminhões movidos a diesel ficavam cerca de três vezes mais propensos a ter isquemia (menor fluxo sanguíneo para o coração) quando se exercitavam.

Os pesquisadores analisaram 45 pacientes com doenças cardíacas. Os voluntários fizeram um teste físico duas vezes por semana, durante seis semanas. Os resultados dos testes foram representados em um gráfico, que também considerava a leitura de partículas extremamente finas presentes no ar.

A equipe de pesquisadores mediu as mudanças no fornecimento de oxigênio para o coração usando eletrocardiogramas (ECG) e constatou que, dois dias após respirar ar poluído, os participantes tiveram níveis “significativamente elevados” de isquemia, que pode não causa dor, mas é um sinal de doença cardíaca. Os pesquisadores notaram ainda que a freqüência cardíaca dos voluntários também aumentou após a exposição à poluição, de uma média de 61 batimentos por minuto para 90.

A partir desses resultados, a equipe levantou algumas hipóteses - a poluição pode estar contribuindo para o rompimento de placas que entopem artérias, causando enfartes e derrames, ou pode estar causando ritmos cardíacos perigosos, ou ainda as duas coisas.

O estudo foi publicado na edição online desta semana da revista Circulation, publicada pela Associação Americana do Coração. Pesquisadores já haviam afirmado, em outra edição desta revista, que partículas finas, quando inaladas, podem ficar viajando no sangue por diversos órgãos durante horas.

Com isso, elas podem prejudicar a atividade do coração, interferindo no ritmo e contribuindo com o estreitamento das artérias.

Em dias em que os níveis de poluição estão altos, as pessoas devem optar por praticar exercícios em ambientes fechados. Segundo estimativa da Agência de Proteção Ambiental dos Estados Unidos, 60 mil pessoas morrem por ano no país devido à poluição do ar particulada, tipo causado quando pequenas partículas de fumaça impregnam no ar.

Copyright © 2002 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: