Publicidade

Notícias de saúde

Pesquisadores buscam a relação dos exercícios físicos com a memória

São Paulo, 11 de Abril de 2001 (eHealthLA). O Centro de Estudo e Biologia do Exercício (Cebe), ligado à Universidade Federal de São Paulo, está recrutando homens com idade entre 60 e 75 anos para participar de um estudo que analisará a relação dos exercícios físicos com a melhora na memória.

Dos 20 aos 80 anos perdemos 20% do peso do cérebro. O que significa também a morte de muitas células nervosas. Assim a comunicação entre os neurônios fica prejudicada.

Segundo Hanna Karen, professora de Educação Física e uma das coordenadoras do estudo, no que se refere à memória, pesquisas mostraram que com o passar do tempo a tendência é o sangue se tornar mais viscoso, dificultando o seu fluxo e prejudicando o processo cognitivo. Também é sabido que as atividades físicas ajudam nesses casos.

O Mais Adequado

O estudo pretende descobrir que tipo de exercício seria o mais adequado para a memória. “Depois de uma bateria de exames vamos definir em qual modalidade cada participante deve se encaixar”, explica.

A idéia é acompanhar os idosos por 6 meses e depois reavaliar a situação deles. “Serão três sessões semanais de exercícios com duração de 60 minutos cada uma”, explica e especialista.

Além dos benefícios intelectuais, é importante lembrar que os exercícios físicos ajudam a incrementar a resistência e a força muscular, que vão se perdendo com o passar dos anos e abrem espaço para o aumento de tecido adiposo no organismo.

Informações para voluntários: (11) 5083 7664 ou (11) 5572 0177.

Copyright © 2001 eHealth Latin America

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: