Publicidade

Notícias de saúde

Chefe de Hospital Britânico Renuncia Após Escândalo de Corpos

17 de Janeiro de 2001 (Bibliomed). O diretor de um hospital britânico onde corpos foram mantidos no chão de uma capela sem refrigeração anunciou sua demissão na segunda-feira por causa do escândalo que atingiu a instituição.

Sete corpos, enrolados apenas em lençóis, foram mantidos por mais de 24 horas em três dias diferentes na capela do Hospital Bedford, no sul da Inglaterra, cujo necrotério estava cheio.

Ken Williams abandonou o cargo depois que fotos dos corpos foram publicadas por jornais nacionais, e após o responsável na região pela pasta da Saúde, Peter Houghton, ter dito que a prática era "completamente inaceitável" e representava uma violação às diretrizes estabelecidas pelo Departamento de Saúde.

"Especificamente, a orientação insiste que os pacientes sejam tratados com respeito e dignidade. Isso certamente não foi o caso desse hospital na semana passada", disse Houghton em um comunicado.

O hospital informou que um de seus necrotérios estava temporariamente desativado e um certo número de corpos teve de ser acomodado no chão da capela.

Um investigação sobre o caso já foi determinada pelo Serviço Nacional de Saúde (NHS).

Copyright © 2001 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: