Publicidade

Notícias de saúde

Dia Lembra 150 Milhões que Sofrem de Diabete no Mundo

SÃO PAULO (Reuters) - Na terça-feira é comemorado o Dia Mundial da Diabete, doença que deve afetar até o final do ano 154 milhões de pessoas no mundo, segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS). No Brasil, estatísticas do Ministério da Saúde indicam que há 5 milhões de diabéticos.

A diabete é uma doença crônica, que ocorre pelo aumento dos níveis de açúcar no sangue provocados pela falta ou deficiência de insulina.

Em condições normais, a insulina, hormônio produzido pelo pâncreas, retira o açúcar do sangue e deposita-o dentro das células para ser utilizado como energia. A longo prazo, altos níveis de açúcar no sangue podem levar a complicações médicas como doenças cardíacas, insuficiência renal, cegueira e até morte.

De acordo com o Ministério da Saúde, a diabete é a sexta causa de mortes no Brasil, provocando a morte de 25.000 pessoas ao ano no país.

Entre os tipos dessa doença, os mais comuns são a diabete do tipo 1 e do tipo 2. Segundo estimativas da Sociedade Brasileira de Diabetes, cerca de 95 por cento dos casos de diabete correspondem à do tipo 2, que normalmente atinge pessoas obesas acima de 35 anos.



Pessoas com diabete do tipo 1 têm deficiência na produção de insulina, sendo dependentes do uso terapêutico do hormônio. Já pacientes com diabete do tipo 2 apresentam deficiência na utilização da insulina e nem sempre precisam tomar o hormônio.

Segundo o ministério, a diabete vem aumentando sua incidência no Brasil e estimativas do prevêem que, em 2010, 11 milhões de pessoas sofram com a doença.

Para tentar melhorar o atendimento e os cuidados das pessoas com a enfermidade, a Associação de Diabetes Juvenil (ADJ) está organizando na terça-feira uma manifestação na Assembléia Legislativa de São Paulo. A intenção é pressionar parlamentares a colocar em votação, antes do recesso, o projeto de lei 898/99, que garante um Programa de Atenção Integral à Saúde do Diabético pelo Sistema Único de Saúde (SUS) e a não incidência do ICMS sobre medicamentos e produtos para o tratamento e o controle da diabete.

"Buscamos conseguir leis que assegurem ao diabético Programas de Atenção Integral à Saúde, com prevenção, tratamento e controles adequados. Isto significa o acesso gratuito ao atendimento e acompanhamento médico por uma equipe multidisciplinar, medicamentos de última geração... fornecidos pelo governo", disse Sussumu Niyama, presidente da ADJ. Segundo a entidade, o projeto beneficiaria aproximadamente 1,6 milhão de pessoas em todo o Estado de São Paulo.

Sinopse preparada por Reuters Health

Copyright © 2000 Reuters Limited. All rights reserved. Republication or redistribution of Reuters Limited content, including by framing or similar means, is expressly prohibited without the prior written consent of Reuters Limited.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: