Publicidade

Notícias de saúde

Uso de antidepressivo associado à prática de exercícios físicos ajuda no tratamento da depressão em idosos

13 de janeiro de 2017 (Bibliomed). Para os adultos mais velhos com depressão grave tardia, no fim de suas vidas, a combinação de antidepressivos (AD) e exercício físico parece ser benéfica, especialmente para indivíduos com certas características específicas. Isso é o que indica estudo publicado na revista Journal of the American Geriatrics Society.

No estudo, realizado por pesquisadores italianos, foi feita uma análise secundária de um estudo randomizado controlado envolvendo 121 indivíduos com 65 anos de idade e com depressão maior. Os pacientes com depressão grave tardia foram alocados aleatoriamente para AD (sertralina) ou AD mais exercícios físicos em um ambiente de atenção primária com programas de consulta-ligação psiquiátrica para regular a abordagem clínica de indivíduos com transtornos psiquiátricos.

Os pesquisadores descobriram que a probabilidade de alcançar remissão de depressão com AD + exercícios foi maior do que com AD sozinha para características de idade de 75 anos ou mais, polifarmácia, maior capacidade aeróbia, apresentando desaceleração psicomotora e ansiedade menos grave. Médicos da atenção primária expressaram opiniões positivas sobre AD + exercícios após a participação no estudo, e foram mais propensos a utilizar esta estratégia terapêutica.

Fonte: Journal of the American Geriatrics Society. DOI: 10.1111/jgs.14525

Copyright © 2017 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: