Publicidade

Artigos de saúde

Grávida neste verão?

Neste artigo:

- Introdução
- Intolerância ao calor
- Fique fria
- Pernas inchadas, o que fazer e o que não fazer

"Tempo quente, úmido e gravidez em fase avançada. A gravidez pode fazer o verão parecer ainda mais quente. Mas seguindo alguns conselhos simples você pode manter-se refrescada."

Introdução

Está quente, úmido e você está grávida. É verdade, essa pode ser a receita para o sofrimento. O calor e a umidade, que podem ser desagradáveis para a maioria das pessoas, torna-se insuportável para as mulheres grávidas, mas há algumas maneiras de se livrar disso.

A lista dos incômodos é extensa e traz problemas desde a pele até a circulação sanguínea. A gravidez em épocas quentes pode incomodar mais ou menos conforme a evolução da gestação. Se a mulher começa a gravidez com excesso de peso ou tem um aumento brusco, é certo que ela vai se sentir mais incomodada. O indicado é que a mulher engorde ao longo dos nove meses entre dez e 12 quilos. Abaixo disso pode comprometer o desenvolvimento do bebê e acima é prejudicial à saúde da mãe. Entre os problemas mais comuns estão inchaço das pernas e queda da pressão arterial. Micoses, acne, assaduras e manchas na pele também são transtornos freqüentes na gravidez durante o verão

Intolerância ao calor

Quando você está grávida a temperatura do seu corpo já é um pouco maior que o normal, e adicionada ao calor da temperatura local é a gota d’água para você se sentir desconfortável.

A mulher grávida já tem algum grau de intolerância ao calor, e é importante que as futuras mamães prestem atenção aos avisos do calor. Se o índice de calor (que expressa o quão quente a temperatura é sentida devido à combinação do calor e umidade) está muito elevado, este é um bom dia para ficar em casa o máximo possível com o ar condicionado ou ventiladores ligados. Aplicar um pano úmido e fresco na nuca, testa, e no topo da cabeça também é uma boa maneira de manter a temperatura mais baixa.

Se você transpira muito devido ao calor, beba muito líquido. Água é bom, mas também outros líquidos com suco de laranja, leite, e bebidas isotônicas, são importantes porque repõem os eletrólitos que são perdidos no suor.

Tenha cuidado como a reposição somente com a água. A hidratação excessiva por água pode diluir os eletrólitos ainda mais, e pode causar fadiga muscular, cãibras, e nos casos raros, perda de consciência.

Se você tiver sede, você já está desidratada, então tenha certeza de que você está bebendo líquido suficiente ao longo do dia.

Fique fria

Algumas dicas para enfrentar o calor:

  • Vista roupas frescas.
  • Evite ficar longos períodos em jejum, o que evitará quedas bruscas da pressão e até desmaios.
  • Pratique exercícios nos momentos mais frescos do dia e evite nos momentos mais quentes. Mas converse com o seu médico antes de começar ou continuar qualquer exercício físico.
  • Evite o sol diretamente nas horas mais quentes do dia, porque a mulher grávida é ainda mais propensa a queimaduras solares do que a mulher não grávida.
  • Use um protetor solar de FPS alto a cada duas horas para evitar as manchas na pele.
  • Tenha sempre uma garrafinha de água com você.
  • Ao primeiro sinal de fraqueza, fadiga, mal estar ou sede excessiva, procure um local ao abrigo do sol e beba água ou bebida isotônica. Se você não se sentir melhor logo, ligue para o seu médico.

Pernas inchadas, o que fazer o que não fazer

Um problema muito comum na gravidez durante o verão é o inchaço nas pernas, chamado pelos médicos de edema. Se a segunda metade da gravidez ocorrer durante os meses de verão, o grau de inchaço nas pernas pode aumentar drasticamente.

Aqui está uma lista de coisas que devem ser feitas e que não devem ser feitas por mulheres com pernas inchadas durante a gravidez:

Faça:

  • O ideal é usar a meia elástica, mas sabemos que é quase impossível no verão porque elas são muito quentes. Então, o melhor é que a gestante reserve 15 minutos depois do almoço e à noite para esticar e elevar as pernas. Use a meia na parte da manhã, normalmente o calor é menor e este procedimento já ajuda bastante.
  • Mantenha suas pernas elevadas enquanto você dorme com a ajuda de uma toalha ou cobertor enrolado debaixo do colchão ao pé da cama.
  • Habitue sempre a sentar com as pernas retas apoiadas em um banco ou cadeira, quando for assistir à televisão ou ler. Outra opção é esticá-las no sofá.
  • Use sapatos confortáveis e, se possível, use sapatos um número maior que o seu tamanho normal.
  • Caminhe duas a três vezes por semana durante as horas mais frescas do dia.
  • Remova os anéis se eles parecerem estar apertados. Algumas grávidas podem ter inchaço nas mãos e ter que cortar os anéis para tirá-los.

Não faça:

  • Não use roupas apertadas.
  • Não fique em uma mesma posição por muito tempo.
  • Reduza, mas não elimine, o sal da dieta. O sal contém iodo, um elemento essencial para a saúde do feto.
  • Não tome diurético. Os diuréticos podem causar perda de eletrólitos e podem ser prejudiciais para o feto.

Se você seguir todas essas recomendações, você poderá estar apta para ignorar o calor e voltar a aproveitar a excitante espera da chegada do seu bebê.

Copyright © 2013 Bibliomed, Inc.   Publicado em 13 de Dezembro de 2004   Revisado em 22 de janeiro de 2013



Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: