Postagens de celebridades nas redes sociais promovem junk-food

Comment

Dieta

Imagens de pessoas comendo e bebendo são um marco nas mídias sociais, mas uma nova pesquisa descobriu que essas postagens de celebridades geralmente colocam os holofotes diretamente em junk food. Muitos poderiam pensar que os posts deles são publcidades, mas um estudo mostrou que muitas vezes essas fotos não são patrocinadas.

Para o estudo, os pesquisadores rastrearam todas as postagens relacionadas a comida e bebida feitas por 181 atletas, atores, personalidades de TV e músicos no Instagram entre maio de 2019 e março de 2020. As idades variaram de 17 a 73 anos, com metade com menos de 32 anos.

Mais de 3.000 postagens de celebridades relacionadas à alimentação foram citadas, contendo quase 5.200 alimentos e bebidas diferentes. Pouco mais da metade continha apenas bebidas, com mais da metade contendo álcool. Pouco mais de um terço apresentava salgadinhos ou doces.

Os perfis nutricionais foram compostos para todos os alimentos e bebidas encontrados, com atenção específica para açúcar, sal, calorias, gordura saturada, fibra, proteína e teor de frutas e/ou vegetais

O resultado: quase 90% das postagens de comida e bebida de celebridades eram insalubres o suficiente para serem essencialmente ilegais sob os atuais regulamentos de publicidade britânicos relacionados à juventude, apontaram os pesquisadores. Menos de 5% de todas as postagens relacionadas a alimentos/bebidas vinculadas a um patrocínio pago por um fabricante de alimentos ou bebidas.

Os pesquisadores também observaram que as postagens de celebridades que apresentavam escolhas alimentares relativamente saudáveis ​​eram significativamente menos propensas a receber “curtidas” ou comentários de seguidores.

Fonte: JAMA Network Open. DOI: 10.1001/jamanetworkopen.2021.43087.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *