Depressão aumenta risco de acreditar em fake-news sobre vacinas

Comment

Comportamento

As pessoas que apresentam sintomas de depressão podem ser mais suscetíveis a acreditar em fake-news sobre as vacinas COVID-19, mostra estudo realizado por pesquisadores do Massachusetts General Hospital, nos Estados Unidos.

O US National Institute of Mental Health classifica o transtorno depressivo maior, ou depressão, como ter pelo menos duas semanas de humor deprimido, baixa autoestima e perda de interesse nas atividades diárias.

O estudo envolveu mais de 15.000 adultos (idade igual ou superior a 18 anos), e aqueles que relataram sintomas de transtorno depressivo maior eram duas vezes mais propensos a endossar pelo menos uma declaração relacionada à vacina que incluía desinformação.

Os entrevistados que endossaram pelo menos uma declaração de desinformação sobre a vacina eram 60% menos propensos a serem vacinados e quase três vezes mais propensos a se descreverem como resistentes a serem vacinados.

Fonte: JAMA Network Open. DOI: 10.1001/jamanetworkopen.2021.45697.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *