Publicidade

Notícias de saúde

Alteração do IMC durante a puberdade aumenta o risco de insuficiência cardíaca

11 de maio de 2018 (Bibliomed). Mudança no índice de massa corporal (IMC) para excesso de peso durante a puberdade aumenta significativamente o risco de homens evoluírem mais tarde na vida com insuficiência cardíaca, de acordo com um estudo publicado no Journal of Internal Medicine.

Investigadores suecos usaram dados do Estudo de Epidemiologia do IMC para avaliar a associação entre o IMC infantil e a alteração do IMC durante a puberdade e o risco de insuficiência cardíaca em adultos. Os pesquisadores coletaram dados sobre 37.670 indivíduos do sexo masculino na idade de oito anos, nascidos entre 1945 e 1961, e os seguiram até dezembro de 2013.

Os pesquisadores descobriram que a alteração do IMC durante a puberdade foi independentemente associada ao risco de insuficiência cardíaca de maneira não-linear, independentemente do IMC na infância. Comparado com os participantes no quartil mais baixo da mudança do IMC, aqueles no quartil superior durante a puberdade tiveram um aumento de mais de duas vezes no risco de insuficiência cardíaca. Comparado com os meninos que não estavam com sobrepeso durante a infância ou puberdade, os meninos que desenvolveram sobrepeso durante a puberdade apresentaram risco aumentado de insuficiência cardíaca. Isso não ocorreu com os meninos com sobrepeso na infância que normalizaram o peso durante a puberdade.

Os autores concluíram que a mudança do IMC durante a puberdade é um novo fator de risco para a insuficiência cardíaca em adultos do sexo masculino.

Fonte: Journal of Internal Medicine.

Copyright © 2018 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: