Publicidade

Notícias de saúde

Menor incidência de complicações em cirurgia cardíaca realizada no horário da tarde

21 de novembro de 2017 (Bibliomed). Para pacientes submetidos à cirurgia do coração de substituição da valva aórtica, a lesão miocárdica durante o procedimento ocorre mais com a cirurgia realizada pela manhã do que com a cirurgia realizada à tarde, de acordo com um estudo publicado na revista The Lancet.

Pesquisadores da França examinaram a incidência de eventos cardíacos adversos maiores em um estudo de coorte prospectivo de centro único envolvendo pacientes com estenose aórtica grave e fração de ejeção do ventrículo esquerdo preservada que foram encaminhados para troca valvar aórtica . Os pares de pacientes com proporção-pontuação (298 pares) foram operados pela manhã ou à tarde. Os autores também examinaram a lesão miocárdica perioperatória e as amostras miocárdicas de 88 pacientes randomizados para serem submetidos à cirurgia de substituição valvar aórtica isolada pela manhã ou à tarde.

Os pesquisadores descobriram que a incidência de eventos cardíacos adversos maiores foi menor no grupo da tarde do que o grupo da manhã durante os 500 dias após a troca da valva aórtica. No estudo randomizado, a média geométrica da liberação perioperatória de troponina T perioperatória foi significativamente menor à tarde em relação ao grupo da manhã.

Assim, segundo os autores, a cirurgia da tarde pode fornecer proteção miocárdica perioperatória e levar a melhores resultados do paciente em comparação com a cirurgia matinal.

Fonte: The Lancet. DOI: 10.1016/S0140-6736(17)32132-3ancet.

Copyright © 2017 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: