Publicidade

Notícias de saúde

Efeitos da terapia com luz em indivíduos com deficiência cognitiva

24 de agosto de 2017 (Bibliomed). Para indivíduos com deficiência cognitiva, a terapia com luz tem um efeito moderado nos distúrbios comportamentais (DCs) e na depressão, e um pequeno efeito sobre a qualidade do sono, de acordo com uma metanálise publicada na revista Journal of the American Geriatrics Society.

Investigadores de Taiwan, e colegas realizaram a análise de nove ensaios controlados randomizados para avaliar os efeitos da terapia de luz em DCs, qualidade do sono e depressão entre pessoas com deficiência cognitiva.

Os pesquisadores descobriram que a terapia da luz teve um efeito moderado sobre DC e depressão, e um efeito pequeno no sono noturno total. Em comparação com a intensidade da luz inferior a 2.500 lux, uma intensidade de luz de 2.500 lux ou maior teve um efeito maior na depressão. Estudos considerados em baixo risco de viés em relação à cegueira tiveram um tamanho de efeito maior em termos de DC do que aqueles considerados como alto ou baixo claro risco de viés.

Assim, a terapia com a luz pode aliviar o DC, melhorar a qualidade do sono e aliviar os sintomas de depressão para pessoas portadoras de uma deficiência cognitiva, segundo os autores.

Fonte: Journal of the American Geriatrics Society. DOI: 10.1111/jgs.14990

Copyright © 2017 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: