Publicidade

Notícias de saúde

Inseticidas podem levar a alterações comportamentais em crianças

10 de abril de 2017 (Bibliomed). As crianças expostas a um grupo amplamente utilizado de inseticidas (piretróides) podem estar sob maior risco de problemas comportamentais, de acordo com um estudo publicado na revista Occupational & Environmental Medicine.

O estudo foi conduzido no Hospital Universitário em Rennes, França, e a equipe avaliou a exposição a piretróides em centenas de mulheres grávidas, bem como a exposição dos seus filhos, através da avaliação dos níveis de metabolitos de piretróides na sua urina. Aos 6 anos, as crianças foram submetidas a avaliações comportamentais.

Os investigadores descobriram que níveis mais elevados de um determinado produto químico ligado a piretróides na urina de mulheres grávidas estavam associados a um risco aumentado de comportamentos de internalização em seus filhos. A presença de um desses produtos químicos na urina das crianças também estava associada a um risco aumentado de transtornos de externalização - comportamentos desafiadores e disruptivos. Em geral, as crianças com os níveis mais elevados de metabolitos piretróides na sua urina tinham cerca de três vezes mais probabilidades de ter comportamento anormal.

Assim, o estudo sugere que a exposição a certos piretróides nas doses ambientais baixas encontradas pelo público em geral pode estar associada a distúrbios comportamentais em crianças.

Fonte: Occup Environ Med Published Online First: 01 March 2017. doi: 10.1136/oemed-2016-104035

Copyright © 2017 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: