Publicidade

Notícias de saúde

Concussões cerebrais podem acelerar o aparecimento da doença de Alzheimer

01 de março de 2017 (Bibliomed). De acordo com um estudo publicado na revista Brain, as concussões podem estar associadas a uma alteração da espessura cortical e ao declínio da memória nas áreas relevantes para a doença de Alzheimer,

Investigadores da Faculdade de Medicina da Universidade de Boston, e colegas, nos Estados Unidos, examinaram 160 veteranos dos EUA das guerras do Iraque e do Afeganistão. Os veteranos do estudo eram relativamente jovens, com uma idade média de 32 anos.

Os investigadores descobriram que as concussões parecem acelerar a doença de Alzheimer relacionada com a deterioração do cérebro e declínio mental em pessoas que estão sob risco genético para a doença.

Segundo os autores da pesquisa, ter uma concussão foi associado com menor espessura cortical em regiões cerebrais que são as primeiras a serem afetadas na doença de Alzheimer. Os resultados sugerem que, quando combinados com fatores genéticos, concussões podem estar associadas com uma aceleração na alteração da espessura cortical em áreas relevantes para a doença de Alzheimer e declínio da memória.

Fonte: Brain (2017) aww344. DOI: 10.1093/brain/aww344

Copyright © 2017 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: