Publicidade

Notícias de saúde

É pequena a possibilidade de reinfecção pelo vírus Zika

19 de dezembro de 2016 (Bibliomed). As pessoas infectadas com o vírus Zika enfrentam um risco baixo de outro ataque do vírus, segundo um novo estudo.

A pesquisa, publicada na revista Nature Medicine, mostra que a infecção oferece excelente proteção contra a reinfecção. Isto significa que as pessoas infectadas na epidemia atual tem pouca probabilidade de serem suscetíveis novamente. Quando uma grande parte da população está protegida -o que é conhecido como imunidade grupal - o risco de futuras epidemias poderia ser baixa ", disse Stephen Higgs, diretor do Instituto de Pesquisa sobre Biossegurança da Kansas State University.

Higgs e seus colegas também descobriram que o vírus Zika está presente no sangue nos primeiros estágios da infecção, e que está presente apenas para um curto período de tempo em alguns tecidos. Mas noutros tecidos permanece muito tempo.

Sangue e urina estavam livres de vírus Zika no prazo de 10 dias, os pesquisadores descobriram. Mas, pelo menos, três semanas depois de não estar presente no sangue, o vírus foi ainda detectado na saliva e sêmen.

"Mais pesquisas para ver como o vírus invade o sistema nervoso e por quanto tempo e como persistem na saliva e sêmen são necessárias", disse Higgs. Embora normalmente o vírus seja transmitido pela picada do mosquito Aedes aegypti, que também pode ser transmitido através de relações sexuais. A equipe também descobriu melhores modelos para reforçar a investigação e avaliar vacinas de vírus Zika mais rapidamente.

Na maioria das pessoas, a infecção pelo vírus Zika é relativamente inofensiva. Mas em mulheres grávidas, pode causar a microcefalia e outras lesões nos fetos.

Fonte: Nature Medicine (2016) doi:10.1038/nm.4206

Copyright © 2016 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: