Publicidade

Notícias de saúde

Uso moderado de videogames melhora habilidades visuais e motoras em crianças

27 de setembro de 2016 (Bibliomed). Até que ponto os videogames ajudam ou levam a prejuízos para as crianças? Um novo estudo indica que as crianças que jogam videogames têm significativamente melhores habilidades visuais e motoras, porém o uso semanal frequente está associada a problemas de condutaO estudo foi publicado na revista Annals of Neurology.

Em uma coorte de 2.442 crianças de 7 a 11 anos, pesquisadores da ​​Espanha examinaram as relações entre o uso semanal de videogames, avaliando as habilidades cognitivas, e também problemas de conduta relacionados. O impacto dos videogames sobre a estrutura e função do cérebro foi examinado cerca de um ano depois com imagens de ressonância magnética em 260 dessas crianças.

Os pesquisadores descobriram que as respostas psicomotoras mais rápidos e mais coerentes para estimulação visual foram encontradas para as crianças que jogam videogames durante uma hora por semana. Nenhuma outra alteração na velocidade motora foi observado para aqueles que jogam mais de duas horas por semana. O tempo despendido por semana com estes jogos correlacionava-se com problemas de conduta, conflitos com colegas, e redução das habilidades pró-sociais. Estas implicações negativas eram vistos apenas para crianças com nove ou mais horas de videogames por semana. Mudanças associadas com jogos foram mais evidentes nos gânglios basais da substância branca e na conectividade funcional.

Mais estudos são necessários para determinar se videogames jogados moderadamente provocam melhorias das habilidades visais e motoras e se este jogos usados de forma excessiva causam problemas de conduta, ou se as crianças que já têm estas características simplesmente jogam mais videogames.

Fonte: Annals of Neurology. DOI: 10.1002/ana.24745

Copyright © 2016 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: