Publicidade

Notícias de saúde

Obesidade materna está associada a problemas comportamentais na criança

12 de maio de 2016 (Bibliomed). A obesidade materna está associada a um pequeno aumento em problemas de comportamento da criança, de acordo com um estudo publicado on-line em 21 de março de 2016 na revista especializada BJOG: An International Journal of Obstetrics and Gynaecology.

Pesquisadores americanos acompanharam 511 díades mãe-bebê desde a gravidez até 10 anos para examinar nas crianças a presença de sintomas do transtorno do déficit de atenção e hiperatividade (TDAH) e/deficiências comportamentais emocionais em relação ao ganho de peso gestacional materno (GWG).

Os pesquisadores descobriram que o aumento de problemas comportamentais dos filhos, incluindo comportamentos de internalização, comportamentos de externalização e problemas de atenção foram observados em associação com a obesidade antes da gravidez (índice de massa corporal [IMC] de 30 kg/m²) em comparação com as mães de peso normal ( IMC de 22 kg/m²). Para a impulsividade dos filhos, os aumentos não significativos foram observados para baixo peso gestacional materno entre as mães magras (razão da taxa de incidência ajustada, 1,2; intervalo de confiança de 95%, 0,90-1,5) e alto peso gestacional materno entre as mães com excesso de peso (razão da taxa de incidência ajustado, 1,7; intervalo de confiança de 95%, 0,9-2,8).

Portanto, em população de renda mais baixa e amostra de alto risco, observou-se um pequeno aumento nos problemas de comportamento infantil entre as crianças de mães obesas, o que poderia ter um impacto sobre o comportamento da criança na população.

Fonte: BJOG: An International Journal of Obstetrics & Gynaecology. DOI: 10.1111/1471-0528.13909

Copyright © 2016 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: