Publicidade

Notícias de saúde

Intensificação da prevenção pode diminuir novas infecções pelo HIV

17 de fevereiro de 2016 (Bibliomed). Cerca de dois terços das novas infecções pelo HIV poderiam ser evitadas em homens homossexuais com vida sexual ativa (HSH) se mais deles fossem testados para o vírus, aqueles que têm a doença fossem tratados, e aqueles que não têm HIV recebessem medicação para prevenir a infecção. Isso é o que indica um novo estudo holandês publicado no número de 06 de janeiro de 2016 da revista Science Translational Medicine.

Para entender melhor por que as novas taxas de infecção não estão caindo, os investigadores analisaram os registros médicos e exames de sangue de 617 HSH, da Holanda. Os homens tinham sido recentemente infectados com o HIV. Os pesquisadores usaram essas informações para identificar detalhes sobre os homens que tinham infecções transmitidas para aqueles que estavam no estudo.

Os pesquisadores estimam que 71% dos homens foram infectados por homens HIV-positivos ainda não tinham sido diagnosticados. Quarenta e três por cento dos homens que transmitiram uma infecção estavam em seu primeiro ano com HIV. Se os níveis dos testes permanecessem os mesmo, mas os homens tivessem começado imediatamente a tomar medicamentos para tratar o vírus, 19% dos novos casos poderiam ter sido evitados.

Os autores do estudo também analisou outro cenário: e se metade das pessoas em risco fizessem o exame anualmente, metade das pessoas com resultado negativo tomassem  medicamentos preventivos, e todos aqueles diagnosticados com HIV recebessem tratamento? Nesse caso, os investigadores estimaram que 66% dos casos poderiam ter sido evitados.

Fonte: Science Translational Medicine  06 Jan 2016: Vol. 8, Issue 320, pp. 320ra2

Copyright © 2016 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: