Publicidade

Notícias de saúde

Produtos “naturais” de estímulo sexual para homens podem conter substâncias perigosas

28 de janeiro de 2016 (Bibliomed). Muitos homens que procuram ajuda médica para questões de saúde sexual relatam o uso de suplementos dietéticos. Mas com pouca regulação da dosagem ou ingredientes, os efeitos para a saúde masculina desses produtos são desconhecidos.  Além disso, não há nenhuma prova de que suplementos  sexuais vendidos sem prescrição para os homens realmente funcionem;  e deve-se lembrar que alguns destes suplementos são potencialmente perigosos. Isso é o que relata um novo estudo publicado na revista  Journal of Sexual Medicine.

Na pesquisa, buscou-se identificar os  suplementos de ajuda sexual masculina mais vendidos e analisaram ​​os seus ingredientes, incluindo os produtos comercializados para melhorar ereções, o desejo e o desempenho sexual. Alguns dos produtos mais usados ​​incluem a erva  Horny Goat Weed  (Epimedium), ginseng, DHEA (o hormônio desidroepiandrosterona), Ginkgo biloba, feno-grego e extrato de maca (Lepidium Meyenii, ou ginseng peruano), descobriram os pesquisadores.

Eles também verificaram que alguns dos produtos supostamente "naturais" têm vestígios de inibidores da 5-fosfodiesterase (PDE5Is), a medicação encontrada em medicamentos - como Viagra (R) - usados para tratar a impotência. Um estudo revisado pelos pesquisadores indica que 81% das amostras testadas de produtos masculinos do estímulo sexual vendidos nos Estados Unidos e na Ásia continha  PDE5Is.

Segundo os autores do estudo, os homens que usam estes medicamentos sem a supervisão de um médico correm o risco de tomá-los de forma inadequada. Os pacientes com doença cardíaca avançada, por exemplo, ou que tomam nitratos, como a nitroglicerina, não devem usar PDE5Is, pois pode causar uma queda perigosa da pressão arterial. Da mesma forma, os homens com insuficiência grave do fígado ou em fase terminal da doença renal que necessitem de diálise deve evitar esses produtos. Além disso, os homens que tomam medicamentos como Flomax (tansulosina), terazosina ou doxazosina para tratar a próstata aumentada correm o risco de tonturas e quedas, se usarem ao mesmo tempo PDE5Is ao mesmo tempo.

Fonte: Wake Forest Baptist Medical Center, news release, Jan. 11, 2016

Copyright © 2016 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: