Publicidade

Notícias de saúde

Uso de antibióticos pode aumentar a resistência bacteriana

28 de outubro de 2015 (Bibliomed). Para estimar o risco que representa para a medicina moderna o surgimento de resistência aos antibióticos, investigadores analisaram centenas de ensaios clínicos norte-americanos, entre 1968 e 2011 que examinaram a eficácia dos antibióticos na prevenção da infecção após a quimioterapia ou dez procedimentos cirúrgicos comuns.

Esses procedimentos incluíram cirurgia de fratura do quadril, implante de marca-passo, aborto cirúrgico, cirurgia da coluna vertebral, de substituição coxo-femoral, parto cesáreo, biópsia da próstata, apendicectomia, histerectomia e cirurgia de cólon.

Com base na sua avaliação, os pesquisadores estimam que entre 39% e 51% das infecções de sítio cirúrgico e 27% das infecções pós-quimioterapia são causadas por bactérias já um pouco resistentes aos antibióticos.

Usando um modelo de computador, os autores do estudo foram capazes de mostrar que, com um aumento de 10% na resistência aos antibióticos, haveria pelo menos mais 2.100 óbitos por causas infecciosas por ano e mais de 40.000 infecções após a cirurgia ou quimioterapia.

Um aumento de 70% na resistência levaria a um número adicional de 15.000 mortes por ano e 280.000 infecções.

O novo estudo, publicado em 15 de outubro no The Lancet, estima que até metade das infecções após a cirurgia e mais de um quarto das infecções após a quimioterapia são causadas por organismos já resistentes aos antibióticos convencionais.

Fonte: The Lancet Oct. 16, 2015

Copyright © 2015 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: