Publicidade

Notícias de saúde

Dieta saudável associada a maior longevidade

9 de janeiro de 2015 (Bibliomed). A Organização Mundial de Saúde (OMS) elaborou orientações para uma dieta saudável para prevenir doenças crônicas e retardar a morte em todo o mundo. Um atual estudo, então, investigou a associação entre as orientações da OMS, medido pelo Indicador Dieta saudável (IDH), e todas as causas de mortalidade em homens e mulheres idosos da Europa e dos Estados Unidos.

Na pesquisa, foram analisados ​​dados de 396.391 participantes (42% mulheres) que tinham 60 anos ou mais de idade no ato da matrícula (em 1988-2005). Níveis de IDH foram baseados em 6 nutrientes e um grupo de alimentos e variou de 0 (dieta menos saudável) a 70 (mais saudável dieta).
Durante 4.497.957 pessoas-anos de acompanhamento, 84.978 mortes ocorreram. Para um aumento de 10 pontos na classificação do IDH (representando a adesão a uma diretriz da OMS adicional), as taxas de risco ajustadas foram de 0,90, para homens e mulheres combinados. Essas estimativas se traduzem em um aumento da expectativa de dois anos de vida com a idade de 60 anos.

Portanto, a maior aderência às diretrizes da OMS está associada a uma maior longevidade em homens e mulheres na Europa e nos Estados Unidos.

A pesquisa foi publicada na revista American Journal of Epidemiology.

Fonte: Am. J. Epidemiol. (2,014) 180 (10):  978-988

Copyright © 2015 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: