Publicidade

Notícias de saúde

Homens gays poderão doar sangue nos Estados Unidos

7 de janeiro de 2015 (Bibliomed). Homens gays e bissexuais que se abstiveram de sexo por um ano serão autorizados a doar sangue nos Estados Unidos, de acordo com uma nova política federal. Esta mudança irá reverter a proibição de 31 anos de doações de sangue por homens que fazem sexo com homens.

O Food and Drug Administration dos Estados Unidos anunciou no fim de dezembro de 2014 a sua intenção de lançar um novo projeto de orientação no início de 2015, que acabaria por abrir a porta para doações de sangue por homens homossexuais.

O FDA está mudando sua política baseada em dados provenientes de outros países que mostram que a permissão de doações não aumentaria o risco de sangue infectado pelo HIV de ser disponibilizado nos EUA.

Segundo o FDA, alguns dos dados mais convincentes vieram da Austrália, que em 2000 implementou um adiamento de um ano em doações de sangue de homens gays sexualmente ativos. Esses estudos documentaram a ausência de efeitos adversos sobre a segurança do suprimento de sangue com um adiamento de um ano.

Estima-se que cerca de metade das pessoas agora impedidas de doar sangue no âmbito da política atual seria capaz de doar, sob a nova política.

Fonte: Dec. 23, 2014, news conference U.S. Food and Drug Administration's Center for Biologics Evaluation and Research; Dec. 23, 2014, news release, Margaret Hamburg, M.D., comissária, U.S. Food and Drug Administration.

Copyright © 2015 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: