Publicidade

Notícias de saúde

Adolescentes que dormem pouco podem se tornar adultos obesos

9 de setembro de 2014 (Bibliomed). Adolescentes devem ter de nove a 10 horas de sono por noite, de acordo com os Centros dos EUA para Controle e Prevenção de Doenças (CDC). Sabe-se que a sonolência diurna e fadiga afetam o que e como as pessoas comem por desencadear os desejos e alterar o apetite. Por exemplo, as pessoas privadas de sono acham mais fácil comprar alimentos com muitas calorias de um restaurante de fast food em vez de preparar uma refeição saudável.

Mas uma nova informação surgiu: a falta de sono não só expõe os adolescentes a tirarem piores notas na escola, mas também os colocam sob maior risco de desenvolverem obesidade, advertem pesquisadores. Segundo um recente estudo publicado no Journal of Pediatrics, foram analisados dados coletados de mais de 10.000 americanos quando tinham entre 16 e 21 anos Quase um quinto deles tinha menos de seis horas de sono por noite, quando tinham 16 anos de idade, e este grupo apresentou uma probabilidade 20 por cento maior de serem obesos aos 21 anos do que aqueles que tinham mais de oito horas de sono por noite aos 16 anos.

Embora a falta de exercício e excesso de tempo gasto assistindo televisão também foram fatores de risco para a obesidade, estes comportamentos não foram importantes para a ligação entre a falta de sono e a obesidade.

Segundo os autores, da Universidade de Columbia, em Nova York, a  falta de sono nos anos de adolescência pode facilitar a ocorrência de obesidade mais tarde na vida. A mensagem para os pais é para garantir que seus filhos adolescentes tenham mais de oito horas de sono por noite. Uma boa noite de sono faz mais do que ajudá-los a ficarem despertos e terem bons resultados  na escola: ela pode ajudar os adolescentes a se tornarem adultos saudáveis.

Fonte: Columbia University, news release, August 2014

Copyright © 2014 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: