Publicidade

Notícias de saúde

Doença arterial coronariana ainda é negligenciada em mulheres

30 de julho de 2013 (Bibliomed). Apesar de matar 8,6 milhões de mulheres no mundo a cada ano, as doenças cardiovasculares ainda são negligenciadas neste público. A doença arterial coronariana (DAC) afeta tanto homens quanto mulheres, mas essas são menos propensas a receber recomendações preventivas do que homens em nível de risco semelhante.

As doenças cardiovasculares, nas quais a DAC está incluída, são responsáveis por um terço das mortes de mulheres no mundo. A expectativa é que, em 2030, 23,3 milhões de pessoas morram por ano em consequência de doenças cardiovasculares.

De acordo com pesquisadores, o impacto da doença arterial coronariana sobre as mulheres tem sido subestimado devido às taxas mais elevadas entre os homens. Contudo, as mulheres têm mais fatores de risco para a DAC, incluindo gravidez e doenças auto-imunes.

Além disso, as estatísticas mostram que, apesar dos índices indicarem maior prevalência da doença entre homens, a mortalidade é maior entre as mulheres do que entre os homens portadores de DAC.

Entre os fatores de risco tradicionais para doença arterial coronariana estão: idade, histórico familiar de DAC, hipertensão, diabetes, dislipidemia, tabagismo e sedentarismo.

Fonte: EurekAlert!, 28 de julho de 2013

Saiba mais sobre doenças do coração e possibilidades de tratamento em Boa Saúde

Veja as novas opções para redução da mortalidade por doença coronariana até 2020 em Bibliomed

Copyright © 2013 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: