Publicidade

Notícias de saúde

Nova pomada para tratamento do HPV

 

27 de março de 2013 (Bibliomed). Uma planta medicinal é a base para a fabricação de uma pomada utilizada no tratamento do papiloma vírus humano (HPV). Desenvolvida na Universidade Federal de Alagoas (UFAL), a pomada cura as verrugas genitais, um dos sintomas mais desconfortáveis causados pelo vírus.

O medicamento foi desenvolvido a partir do extrato de uma planta medicinal chamada barbatimão. A planta é bastante conhecida por adeptos da medicina natural, sendo um dos produtos mais vendidos em mercados populares de plantas medicinais.

Segundo o professor do Instituto de Química e Biotecnologia da UFAL e um dos responsáveis pelo estudo, Luiz Carlos Caetano, o barbatimão é muito usado no tratamento de corrimento vaginal, inflamações e cicatrização. Tendo como base esses usos, os pesquisadores realizaram análises da casca da planta para fabricação da pomada, que curou 100% dos pacientes submetidos ao tratamento da doença em um teste clínico realizado no Hospital Universitário (HU) da UFAL.

Quarenta e seis pacientes diagnosticados com alguns dos mais de 200 tipos de HPV foram acompanhados por cinco anos no HU. Todos os participantes passaram por um tratamento de dois meses no qual deveriam utilizar a pomada duas vezes por dia.

A pomada de barbatimão age na desidratação das células infectadas, fazendo com que elas sequem, descamem e desapareçam. De acordo com os especialistas, quando o produto chegar ao mercado será um divisor de águas, porque será um tratamento sem efeitos colaterais, além de abrir caminho para novas pesquisas em pacientes de risco e no combate ao câncer de colo do útero.

Fonte: Agência Brasil, 25 de março de 2013



Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: