Publicidade

Notícias de saúde

Sal mata cerca de 2,3 milhões de pessoas no mundo

26 de março de 2013 (Bibliomed). O consumo excessivo de sal leva quase 2,3 milhões de pessoas à morte no mundo anualmente. A conclusão é de pesquisadores da Harvard University, nos Estados Unidos, que analisaram 247 inquéritos de ingestão de sódio por adultos entre 1990 e 2010, que fazem parte do 2010 Global Burden of Diseases Study.

Segundo os pesquisadores, a quantidade de sódio consumido está afetando o seu risco de doenças cardiovasculares. A meta-análise incluiu 107 estudos randomizados, prospectivos que mediram como o sódio afeta a pressão arterial e uma meta-análise de como essas diferenças na pressão arterial estão relacionadas com o risco de desenvolvimento de doenças cardiovasculares. Estes dados foram comparados com o consumo máximo de 1000 mg de sódio por dia.

Quase um milhão de mortes foram consideradas prematuras, ou seja, ocorreram em pessoas com menos de 69 anos, sendo que 60% eram homens e 40% mulheres. Os países com maiores taxas de mortes por milhão de adultos causadas pelo excesso de sódio foram Ucrânia, Rússia e Egito.

Os resultados do estudo foram apresentados no American Heart Association's Epidemiology and Prevention/Nutrition, Physical Activity and Metabolism Scientific Sessions.

Fonte: UPI, 21 de março de 2013

Veja como o sal aumenta o risco de doença cardíaca em Boa Saúde

Copyright © 2013 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: