Publicidade

Notícias de saúde

Presidiários sofrem com transtornos mentais

18 de janeiro de 2013 (Bibliomed). Transtornos psiquiátricos são comuns entre presidiários e o tratamento de saúde mental poderia ajudar os ex-detentos a se reintegrarem na sociedade. É o que sugerem pesquisadores das universidades da Pensilvânia, de Wisconsin-Madison e de Minnesota, todas nos Estados Unidos.

Utilizando dados do National Comorbidity Survey Replication, realizado entre 2001 e 2003, os pesquisadores descobriram uma relação forte e duradoura entre o encarceramento e condições psiquiátricas que prejudicam o humor, como a depressão. Além disso, os investigadores constataram que os efeitos psicológicos da prisão persistem mesmo após a libertação.

Os pesquisadores explicam que esses transtornos mentais adquiridos nas penitenciárias estão fortemente relacionados com outras deficiências, como a diminuição da capacidade de estabelecer relações sociais e de se concentrar em atividades diárias, como o trabalho.

Os resultados, publicados no Journal of Health and Social Behavior, sugerem que tratamentos de saúde mental poderiam ajudar os ex-detentos a se reintegrarem na sociedade.

Fonte: UPI, 17 de janeiro de 2013

Copyright © 2013 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: