Publicidade

Notícias de saúde

Taxa de obesidade entre crianças americanas pobres caiu na última década

08 de janeiro de 2013 (Bibliomed). A taxa de crianças obesas americanas de baixa renda está caindo. De acordo com dados do centro americano de controle e prevenção de doenças (Centers for Disease Control and Prevention), o número de pré-escolares pobres que podem ser qualificados como obesos ou extremamente obesos diminuiu na última década.

Pessoas de baixa renda correm maiores riscos de estarem acima do seu peso ideal. Isso pode ocorrer, em parte, devido à dificuldade de acesso a produtos alimentares saudáveis em regiões habitadas por essas famílias.

O declínio visto nessas taxas é apenas modesto. De acordo com o centro, 13% das crianças entre dois e quatro anos que poderiam participar de programas federais de nutrição eram obesas em 1998. Esse número cresceu para 15% em 2003, mas caiu um pouco em 2010.

A obesidade extrema aumentou quase 1,8% em 1998, passando para 2,2% em 2003 e caiu para um pouco menos que 2,1% em 2010.

A medição do peso foi feita de acordo com o índice de massa corporal dos indivíduos analisados.

Os pesquisadores não podem dizer com exatidão qual é a causa desse fenômeno. Porém, eles acreditam que taxas mais altas de amamentação e a conscientização da população sobre os benefícios da prática de atividades físicas (até mesmo para crianças pequenas) possam ser responsáveis.

Fonte: Reuters, 4 de janeiro de 2013

Copyright © 2013 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: