Publicidade

Exames de rotina

Periodicamente seu médico solicita alguns exames para que possa fazer uma análise mais completa de seu quadro de saúde.

Neste especial, Boa Saúde lista alguns dos principais exames médicos com ilustrações e informações para ajudá-lo a entender melhor esses procedimentos de rotina.

Os exames estão classificados em ordem alfabética (navegue através das letras iniciais abaixo):

Albumina (código AMB: 4.03.01.22-2)

Material a estudar: obtido da urina, sangue (extraído por punção da veia do braço), ou Líquor, obtido por punção lombar.

A albumina é a proteína mais abundante do plasma sanguíneo. Serve como deposito móvel de aminoácidos. Os aumentos de albumina relacionam se, quase sempre com desidratação, que produz um conseqüente aumento do conteúdo protéico do plasma.

Objetivos do Exame: Proteína útil no diagnostico de insuficiência hepática, desidratação aguda, perda de proteínas. É um bom marcador para detectar os déficits nutricionais crônicos e a lesão ou infecção renal. Quando aumentado no liquido cefalorraquidiano está relacionada a várias patologias.

Confiabilidade do exame: Altamente confiável.

Tempo necessário para obtenção do material: 10 minutos se a análise é feita no sangue. Se o exame é realizado no LCR, o paciente deverá ficar internado em repouso, por algumas horas, após a punção lombar.

Preparação do paciente: esteródes anabólicos, corticoesteroides, hormônio de crescimento e insulina devem ser evitados antes do exame, já que podem aumentar falsamente o nível de albumina do sangue.

Tempo requerido para obter resultados: Entre 24 a 48 horas depois de realizado o exame.

Método utilizado para obter os resultados: espectrofotometria.

Valores Normais:

plasma: 3-5 g / 100ml
Urina: menor de 10 mg/l
LCR: 10-30 mg / dl.

Valores aumentados: Proteinúria glomerular, quiluria, desidratação.

Valores diminuídos: Queimaduras, síndrome nefrótica, doença de Cushing, má absorção, obstrução intestinal, patologia hepática difusa (cirrose, hepatite crônica ativa), febre reumática, má nutrição, ascite, analbuminemia, etc.

Medicamentos que podem alterar os resultados:

Aumentado: gallamina, levonorgestrel.
Diminuído: aspirina, anticonvulsivantes, metildopa, prednisona.

Fontes:

- Manual de exames: Instituto de Patologia clinica Hermes Pardini 2003/2004

- A clínica e o laboratório - Alfonso Balcells Gorina, Medsi Editora 1996

- Henry: Clinical Diagnosis and Management by Laboratory Methods, 20th ed., 2001.

 


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: