Publicidade

Exames de rotina

Periodicamente seu médico solicita alguns exames para que possa fazer uma análise mais completa de seu quadro de saúde.

Neste especial, Boa Saúde lista alguns dos principais exames médicos com ilustrações e informações para ajudá-lo a entender melhor esses procedimentos de rotina.

Os exames estão classificados em ordem alfabética (navegue através das letras iniciais abaixo):

Testosterona livre (código da AMB 4.07.12.50-8)

O que é o exame: coleta de sangue venoso para dosagem da concentração de testosterona livre, andrógeno mais abundante no corpo.

Para que serve: auxilia no diagnóstico de puberdade precoce masculina, resistência androgênica, testotoxicose, hiperplasia adrenal congênita, síndrome dos ovários policísticos, tumores adrenais, tumores ovarianos (condições em que os níveis de testosterona livre se encontram aumentados), atraso puberal masculino, deficiência de gonadotrofina, defeitos testiculares e doenças sistêmicas (condições em que os níveis de testosterona livre estão reduzidos).

Valor de referência:

- Fase luteínica: 0,5 a 3,8 pg/mL

- Uso de contraceptivo: 0,3 a 2,9 pg/mL

- Menopausa: 0,3 a 2,5 pg/mL

- 11 a 14 anos: 0,3 a 25,0 pg/mL

- 15 a 39 anos: 12 a 55 pg/mL

- 40 a 59 anos: 11 a 50 pg/mL

- > 60 anos: 10 a 30 pg/mL

Instruções para realização do exame: é importante informar medicamentos em uso (inclusive pomadas e cremes), dia e horário da última dose utilizada. Mulheres devem informar uso de anticoncepcional.

Fonte: - Manual de Exames e Serviços 2006/2007 – Instituto Hermes Pardini.

- A clínica e o laboratório - Alfonso Balcells Gorina, Medsi Editora 1996.

- Henry: Clinical Diagnosis and Management by Laboratory Methods, 20th ed., 2001.

 


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: