Publicidade

Exames de rotina

Periodicamente seu médico solicita alguns exames para que possa fazer uma análise mais completa de seu quadro de saúde.

Neste especial, Boa Saúde lista alguns dos principais exames médicos com ilustrações e informações para ajudá-lo a entender melhor esses procedimentos de rotina.

Os exames estão classificados em ordem alfabética (navegue através das letras iniciais abaixo):

Peptídeo C (código da AMB 4.07.12.39-7)

O que é o exame: coleta de sangue venoso para dosagem da concentração de peptídeo C, substância secretada em proporção equimolares com a insulina. É importante para a determinação da reserva de insulina endógena.

Para que serve: auxilia no diagnóstico diferencial de hipoglicemia, na classificação de diabetes mellitus, na verificação da função de células beta pancreáticas e no funcionamento dos transplantes de pâncreas.

- A meia-vida do peptídeo C no plasma é cerca de 5 vezes maior que a meia-vida da insulina, por isso o peptídeo C é um indicador mais estável da secreção de insulina. A dosagem desta substancia pode ainda ajudar na distinção entre insulina endógena e injetável.

Valor de referência: 1,1 a 5,0 ng/mL

Valores aumentados: os níveis de peptídeo C se encontram elevados em insulinomas e diabetes mellitus tipo 2, pacientes com insuficiência renal, hipopotassemia, gravidez e síndrome de Cushing.

Valores diminuídos: estão relacionado a pequena produção de insulina, podendo ocorrer no diabetes mellitus tipo 1, na administração exógena de insulina e em testes de supressão que envolvem substâncias como somatostatina.

Fonte: - Manual de Exames e Serviços 2006/2007 – Instituto Hermes Pardini

- Henry: Clinical Diagnosis and Management by Laboratory Methods, 20th ed., 2001.

 


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: