Viajar para outro país aumenta chances de doenças em atletas olímpicos

Comentar

Fitness

Atletas olímpicos que viajam para competir em um país com fuso horário muito diferente do seu correm riscos três vezes maiores de ficarem doentes do que pessoas que vivem no local que está hospedando o evento.

Pesquisadores analisaram 259 jogadores de rugby que jogaram em um campeonato mundial em 2010. Os times viajaram entre a Nova Zelândia, a África do Sul e a Austrália. De acordo com os resultados encontrados no estudo, para cada 1000 dias em que o time jogava em casa, os integrantes passavam 15,4 dias doentes. Já quando eles passavam os 1000 dias em locais cujo horário estava cinco ou mais fusos distantes do seu, a média de dias em que eles estavam doentes passava para 32,6.

De acordo com a pesquisa, o risco de desenvolvimento de doença não está associado ao ato de viajar, mas sim à chegada do time a um local distante de casa. Isso pode ser causado por variações de estressores ambientais, como a poluição, a temperatura, umidade, altitude e alergênicos. Variações de alimentos e germes também podem contribuir para esse quadro.

A pesquisa foi publicada no periódico British Journal of Sports Medicine.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>