Pressão arterial elevada aumenta o risco de demência

Comentar

Comportamento

9july00De acordo com publicação da American Heart Association (AHA), pressão arterial elevada, especialmente na meia idade, pode aumentar o risco de demência. Hoje, a demência afeta entre 30 e 40 milhões de pessoas no mundo, número que deve triplicar até 2050.

O relatório explica que a pressão arterial elevada pode danificar os vasos sanguíneos do cérebro e levar ao endurecimento das artérias. Além disso, ela afeta os vasos sanguíneos minúsculos e a capacidade do cérebro para controlar o fluxo de sangue, o que é essencial para mantê-lo funcionando normalmente.

De acordo com a AHA, ainda faltam estudos de grande escala para adequar o tratamento da hipertensão à prevenção da demência. Contudo, o controle da hipertensão garante proteção não só para o cérebro, mas também para o coração e os rins.

Apesar da necessidade de estudos mais aprofundados, a AHA recomenda que seja feito um controle da pressão arterial para prevenção da saúde em geral.

A declaração AHA foi publicada na revista Hypertension.

Fonte: UPI, 10 de outubro de 2016

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>