Pensar sobre a morte reforça as crenças de religiosos, mas não de ateus

Comentar

Comportamento

Pensar sobre a morte faz com que cristãos e muçulmanos reforcem sua religiosidade, mas o mesmo não acontece com ateus. Porém, a morte pode levar agnósticos a repensarem suas crenças, com probabilidades iguais de preferirem Buda, Alá ou Cristo.

Os dados foram descobertos por pesquisadores americanos e confirmam que apesar de a religião ajudar as pessoas a lidarem com a mortalidade, cada pessoa lida com seus medos de acordo com uma visão de mundo já existente. “Esses estudos oferecem uma compreensão melhorada do como e do porquê de indivíduos religiosos tenderem a acreditar fortemente nas suas próprias divindades e negarem as divindades de outras religiões” afirmam os pesquisadores.

A pesquisa foi publicada no periódico Social Psychology Bulletin.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>