Os homens estão em extinção?

Comentar

Saúde do homem Sexologia

Usando como base o processo através do qual o esperma e os óvulos são formados, alguns cientistas desenvolveram a hipótese de que o cromossomo Y (do sexo masculino) poderia desaparecer. Os espermas e óvulos contêm pares de cromossomos, e quando eles se dividem, os pares trocam informação genética. Como o cromossomo Y não tem um parceiro equivalente com quem se parear, ele não pode ser recombinado, e é forçado a se unir ao cromossomo X.

“O Y nunca tem uma chance, porque nunca têm dois Y’s em uma célula. O que nós mostramos várias vezes é que se você não se recombina, você se degenera”, explica a pesquisadora Jennifer Hughes, do Whitehead Institute (EUA).

Porém, uma nova pesquisa mostra que o desaparecimento do Y (e consequentemente dos homens) não irá acontecer. Hughes comparou o cromossomo dos homens com o de uma espécie de macaco cuja linhagem se separou da dos humanos a 25 milhões de anos. De acordo com o resultado da pesquisa, o cromossomo Y mudou muito pouco desde então, e é muito semelhante ao cromossomo X. “Em maior parte, o conteúdo genético não muda a 25 milhões de anos. A taxa de degeneração parece ter basicamente parado a esse ponto”, explica Hughes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>