No sexo, quantidade não quer dizer qualidade

1 Comentário

Comportamento Sexologia

Quanto mais, melhor. Será que essa máxima também vale para o sexo? Segundo pesquisadores norte-americanos, não. Analisando a vida sexual de adultos nos Estados Unidos, os cientistas descobriram que eles estão tendo mais relações sexuais (151 vezes por ano contra 120 vezes no ano anterior). Contudo, a satisfação sexual tem diminuído.

A pesquisa mostrou que 67% dos norte-americanos afirmaram estar satisfeitos com sua vida sexual em 2012, contra 76% em 2011.  Quase 81% disseram estar procurando maneiras de tornar sua vida sexual mais excitante, 32% que tiveram sexo ao ar livre, um terço que já fez sexo na praia ou na casa de um amigo, enquanto 25% que tiveram relações sexuais na casa de seus sogros.

Cinqüenta e seis por cento se consideraram sexualmente aventureiros, 23% disseram que se envolveram em sexting (divulgação de conteúdo erótico via celular ou computador), 16% enviaram uma foto ou vídeo com conteúdo sexual e 22% participaram sessões de sexo virtual.

1 comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>