Infecções por HIV aumentam no Brasil

Comentar

Bem estar Check-up Comportamento Medicina Saúde da família

O número de infecções por HIV em todo mundo diminuiu, é o que revela um relatório da Organização das Nações Unidas (ONU) divulgado ontem. Segundo ele, a queda global é de 27,5%, entretanto, o Brasil aparece na direção contrária da tendência mundial.

No Brasil, o número de novos casos de infecção cresceu 11%, sendo que no período entre os anos de 2005 e 2013, cerca de 42.000 pessoas contraíram o vírus HIV no Brasil. A estimativa é que, atualmente, 752.000 pessoas convivam com o vírus da aids no país. Esse número representa quase metade do total de casos na América Latina (1,6 milhão) e cerca de 2% do número de infectados no mundo (35 milhões).

O relatório ainda aponta que os grupos mais vulneráveis a novas infecções são os transsexuais, homens que fazem sexo com outros homens, profissionais do sexo e seus clientes, além de usuários de drogas injetáveis. Destaca também os avanços no acesso aos tratamentos antirretrovirais, mas sinaliza que esse avanço ainda é inferior à meta da ONU.

Para o diretor da Unaids, Michel Sidibé, existe a possibilidade de controlar a aids. “A epidemia pode ter fim em todas as regiões, em todos os países, em todos os locais, em todas as populações e em todas as comunidades”, afirma Michel.

O The Gap Report é realizado pelo Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/Aids (Unaids).

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>