Idade da mãe não influencia na saúde do filho na fase adulta

Comentar

Maternidade Saúde da mulher Saúde do bebe e da criança

Filhos de mães mais velhas não serão adultos menos saudáveis. Estudo do Instituto Max Planck de Pesquisa Demográfica, na Alemanha, envolveu dados de mais de 18.000 crianças dos Estados Unidos e descobriu que, quando alcançavam a fase adulta, os filhos nascidos de mães com idades entre 35 e 44 anos não eram menos saudáveis do que aqueles nascidos de mães com idades entre 25 e 34 anos.

Contudo, a maior idade materna foi associada com maior risco de aborto e doenças genéticas como a Trissomia 21 e a Síndrome de Down. O estudo, publicado na revista Demography, encontrou que os dois fatores mais importantes para a saúde do filho na fase adulta é a educação da mãe e o número de anos que a mãe e a criança estavam vivas ao mesmo tempo.

Quanto mais cedo uma criança perde a mãe, pior será sua saúde na fase adulta. Isto pode ocorrer devido aos efeitos psicológicos que acompanham a experiência de perder a mãe cedo ou porque o tempo durante o qual ela poderia apoiar seu filho economicamente e emocionalmente foi menor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>