Genética explica por que algumas pessoas se sentem mal em grandes altitudes

1 Comentário

Saúde da família

Quem viaja para lugares em grandes altitudes geralmente leva um tempo para se acostumar às novas condições. Mas existem também indivíduos que não se adaptam, desenvolvendo a doença da altitude. As alturas afetam cada pessoa de forma diferente, podendo causar problemas como dores de cabeça intensas e náuseas fortes.

A explicação para as diferentes reações pode ser genética. Testes genéticos mostram que alguns indivíduos são mais suscetíveis a se sentirem mal nessas localidades do que outros. De acordo com pesquisas, um grupo de seis genes pode prever com 90% de exatidão quem são as pessoas que não se sentem bem em grandes altitudes.

Os benefícios de se compreender esse mecanismo são amplos, afetando desde o exército (na escolha de soldados enviados a lugares em altas altitudes) até criadores de gado (que perdem grandes números de animais para a doença da altitude). Porém, mais pesquisas são necessárias.

1 comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>