Exposição ao sol durante a gestação está diretamente relacionada ao aprendizado de bebês

Comment

Comportamento

Novo estudo da University of Glasgow’s Institute of Health and Wellbeing, no Reino Unido, mostra que as crianças cujas mães não recebem sol suficiente durante a gravidez podem ter maior probabilidade de desenvolver dificuldades de aprendizagem.

A descoberta é baseada em dados de mais de 422.000 crianças em idade escolar na Escócia. Os baixos níveis de exposição aos raios UVB, mas não à luz solar UVA, durante toda a gravidez foram ligados a dificuldades de aprendizagem mais tarde.

Como apenas raios UVB foram implicados, os pesquisadores suspeitam que o efeito esteja relacionado à produção insuficiente de vitamina D. A exposição à vitamina D no primeiro trimestre da gravidez é essencial para o desenvolvimento do cérebro fetal.

A percentagem de crianças com dificuldades de aprendizagem variou por mês de concepção: de quase 17% entre crianças concebidas em julho a 21% entre as concebidas em fevereiro, março e abril, quando a exposição à luz solar é menor. No entanto, o estudo não conseguiu provar uma relação de causa e efeito.

De acordo com os pesquisadores, a dificuldade de aprendizagem pode ter efeitos profundos sobre a vida da criança afetada e de sua família, e a importância do estudo é que ela sugere uma maneira possível de prevenir dificuldades de aprendizagem em algumas crianças. Eles ressaltam, contudo, que são necessários testes clínicos para confirmar se tomar suplementos de vitamina D durante a gravidez pode reduzir o risco de dificuldades de aprendizagem.

Fonte: Scientific Reports. 27 de junho de 2019.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *