Envelhecimento populacional: um desafio

Comentar

Bem estar Check-up Comportamento Saúde da família

O avanço do envelhecimento da populacional e o impacto dessa nova realidade na sociedade são objetos de discussão frente à fragilidade da realidade atual na assistência à saúde do idoso e políticas públicas no país.

Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a população idosa no Brasil já está em 22,9 milhões, ou seja, quase 12% da população atual. Estima-se que em 20 anos esse número seja 3 vezes maior.

Na visão do presidente da Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia (SBGG), João Bastos Freire Neto, é preciso estabelecer novas diretrizes para atender às demandas da velhice nas diversas esferas: saúde, social, educação, econômica.

Em especial, para o equilíbrio entre esse avanço e o numero de especialistas disponíveis para esse novo perfil de população. Atualmente, existem apenas 1000 geriatras no Brasil, uma média de apenas um geriatra para cada 20 mil idosos, conforme dados recentes do Conselho Federal de Medicina (CFM).

Ainda segundo o especialista, os direitos e necessidades dos idosos não são plenamente atendidos.

Em relação a saúde, o Sistema Único de Saúde (SUS) não é adequado para amparar esta população e os profissionais da saúde têm olhar fragmentado do idoso e não foram capacitados para atendê-lo de maneira integral. Existe ainda deficiência na quantidade de profissionais, na estrutura física e na rede de exames complementares para atender à necessidade de saúde dos idosos, gerando demora acentuada no atendimento, o que acaba levando a piora do quadro clínico.

Recentemente a SBGG emitiu Carta Aberta à População Brasileira, na qual traz à reflexão quanto ao cenário atual do envelhecimento e saúde do idoso no país, seus avanços e fragilidades. O documento está disponível no endereço: http://www.sbgg.org.br/profissionais/index.php?noticias&id=2534

Fonte: RS Press. Release 29 de setembro de 2014.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>