Em 3 anos, os brasileiros deixaram de consumir mais de mil toneladas sódio

Comment

Check-up Dieta Nutrição Saúde da família

Uma parceria entre Ministério da Saúde e a Associação Brasileira das Indústrias da Alimentação (ABIA) garantiu a redução de mais de mil toneladas de sódio de produtos industrializados ao longo de 3 anos.

O monitoramento do uso de sódio em alimentos industrializados reduziu pelo menos 1.295 toneladas de sódio em três tipos de alimentos: pão de forma, bisnaguinhas e macarrão instantâneo.O projeto em sua totalidade ainda prevê outras parcerias, serão 16 categorias de alimentos que representam mais de 90% do sódio em produtos industrializados.

O consumo exagerado do sal é responsável pelo aumento no risco de Doenças Crônicas Não Transmissíveis (DCNT), como hipertensão arterial, doenças cardiovasculares e doenças renais, entre outras. No Brasil, entre 63% e 72% dos óbitos estão relacionados com esses tipos de doenças, sendo a maior parte deles, em pessoas com idade inferior a 60 anos.

Estima-se consumo médio no país é de quase 12g de sódio por pessoa (por dia), o que é mais do que o dobro do recomendado pela Organização Mundial da Saúde (OMS), de no máximo de 5 gramas ao dia. Se esse consumo alcançar a quantidade recomendada, os óbitos por acidentes vasculares cerebrais podem diminuir 15%, e as mortes por infarto 10%.

Fonte: ABIA, release 12 de junho de 2014.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *