Diabetes tipo 2 está ligado ao aumento do risco de tumores e morte por câncer

Comentar

Diabetes

destaque_diabetesO diabetes tipo 2 está associado a um risco aumentado de desenvolver câncer e morrer de certas formas da doença, sugere um novo estudo do Swedish National Diabetes Register, na Suécia. Mais de 415 milhões de pessoas em todo o mundo têm diabetes, e espera-se que o número aumente para 642 milhões em 2040.

Os pesquisadores analisaram dados coletados entre 1998 e 2014 de mais de 450.000 pessoas na Suécia com diabetes tipo 2 e mais de dois milhões de pessoas sem diabetes que foram acompanhadas por uma média de sete anos. O estudo se concentrou em 12 tipos de câncer.

Apesar de não poder provar causa e efeito, em comparação com aqueles sem diabetes tipo 2, as pessoas com doença tinham um risco 231% maior de câncer de fígado, 119% maior de câncer pancreático e 78% maior de câncer uterino.

Além disso, aqueles com diabetes tinham um risco aumentado de câncer de pênis (56% maior), câncer renal (45% maior), câncer de vesícula biliar e ducto biliar (32% maior) e câncer de estômago (21% maior). Eles também tiveram um risco 20% maior de câncer colorretal e câncer de bexiga, e um risco 5% maior de câncer de mama.

Apresentadas na reunião anual da Associação Europeia para o Estudo da Diabetes, em Berlim, as descobertas não significam necessariamente que o diabetes cause câncer, conforme ressaltam os pesquisadores. Em vez disso, diabetes e câncer compartilham certos fatores de risco que podem contribuir para essas associações, incluindo obesidade, tabagismo e dieta, explicaram em comunicado à imprensa.

Quando os pesquisadores examinaram os resultados durante um período de dez anos, eles descobriram que houve um aumento de 38% em novos casos de câncer de pâncreas e um aumento de 30% na incidência de câncer de pulmão entre pessoas com diabetes tipo 2 do que naqueles sem a doença.

Os pesquisadores também descobriram que entre os pacientes com diabetes tipo 2, as taxas de mortalidade foram 29% maiores para câncer de próstata, 25% maiores para câncer de mama e 9% maiores para câncer de cólon, quando comparadas com pessoas sem diabetes.

Fonte: European Association for the Study of Diabetes Annual Meeting, 01 a 05 de outubro, Berlim, Alemanha.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>