Consumo de álcool na gravidez pode reduzir QI do feto

Comment

Maternidade

Mulheres gestantes que consomem até mesmo poucas doses de bebidas alcoólicas correm o risco de reduzirem o QI de seu bebê em alguns pontos.

A descoberta foi feita por pesquisadores Ingleses, que viram também que mulheres com corpos que processam o álcool mais lentamente têm chances maiores de prejudicarem o cérebro do filho.

“Isso é boa evidência para implicar que beber moderadamente na gravidez têm um efeito no QI na infância aos 8 anos de idade. Algumas mulheres vão ser geneticamente mais vulneráveis ou resilientes do que outras aos efeitos do álcool no feto, mas nós não sabemos quem são essas pessoas”, explica o pesquisador Ron Gray, da Universidade de Oxford.

A pesquisa foi publicada no periódico PLoS ONE.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *