Bem-estar aumenta expectativa de vida

Comentar

Bem estar Saúde da família

Estudos mostraram que quanto maior é o grau de escolaridade, melhor é a saúde e menor o risco de morte precoce. Contudo, segundo pesquisadores da Universidade de Wisconsin-Madison, nos Estados Unidos, o bem-estar psicológico pode compensar a falta de escolaridade quando o assunto é qualidade de vida.

Os pesquisadores mediram os níveis de interleucina-6, uma proteína da imunidade associada a doenças cardiovasculares, diabetes, derrames, síndromes metabólicas e alguns tipos de câncer, entre outras doenças.

Publicado na revista Health Psychology, o estudo mostrou que pessoas menos instruídas que apresentaram pontuação elevada em testes que mediam a felicidade geral e a autoaceitação ou que conseguiam lidar bem com os problemas que surgiam na vida apresentavam níveis mais altos de interleucina-6 do que pessoas com elevado grau de instrução e baixa satisfação consigo mesmos e com suas vidas.

Assim, as pessoas com elevado grau de satisfação com a vida e bem-estar podem ter suas expectativas de vida aumentadas.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>