Acidentes estão entre as principais causas de morte na infância

1 Comentário

Saúde do bebe e da criança

destaque_bike2Acidentes estão entre as principais causas de morte na infância, e muitos desses poderiam ser evitados. Pesquisa apresentada no Congresso de Urgências e Emergências Pediátricas 2018, que ocorreu de 02 a 05 de maio em São Paulo, buscou determinar a relação entre acidentes na infância e as principais causas de internação em UTIs pediátricas, incluindo pacientes com suspeita de morte encefálica no momento da entrada.

As lesões e mortes decorrentes de acidentes referentes a trânsito, envenenamento, afogamento, quedas e outros são a principal causa de morte em crianças a partir de um ano de idade no Brasil, constituindo um problema de saúde pública.

O estudo baseou-se na análise de prontuários de pacientes com diagnóstico de morte encefálica entre janeiro de 2012 e dezembro de 2015, internados em um hospital de referência em politraumatismo.  Durante os quatro anos de análise, 45 crianças apresentaram suspeita de morte encefálica. Desses, 19 (42,42%) foram por causas externas, sendo 21,9% por atropelamento, 18,5% por perfuração por arma de fogo e 0,7% por enforcamento. Patologias neurológicas foram observadas em 28,9% das entradas. Em relação à faixa etária, 17,8% dos pacientes tinham entre zero e dois anos, 20% entre dois e quatro anos, 37,8% entre quatro e dez anos, e 24,4% entre 11 e 19 anos. Não houve diferença entre os sexos, e dos casos analisados, apenas um foi resultante de maus tratos. Entre estes pacientes, 20% foram doadores efetivos de órgãos.

Fonte: Congresso de Urgências e Emergências Pediátricas 2018, 02 a 05 de maio, São Paulo.

1 comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>