Publicidade

Artigos de saúde

Artrite Reumatóide

© Equipe Editorial Bibliomed

Neste Artigo:

- Como se apresenta a Artrite Reumatóide (AR)?
-
Como é feito o diagnóstico da AR?

Como se apresenta a Artrite Reumatóide (AR)?

O tipo de acometimento da AR varia de uma pessoa para outra. Em quase todas as pessoas que sofrem de AR, os sintomas articulares variam de um dia para outro, embora sempre exista um certo grau de artrite. Em algumas pessoas, a doença pode ser benigna, com períodos de maior atividade (nos quais a inflamação das articulações piora), conhecidos como períodos de acutização. Em outros, a doença permanece ativa continuamente e piora, ou progride, com o passar do tempo. Uma em cada 10 pessoas, com AR, tem um episodio isolado de atividade da doença (ou inflamação das articulações), seguido por uma remissão assintomática prolongada.

Se você sofre de AR, é provável que sinta ardor, inchação, hipersensibilidade, vermelhidão e dores freqüentes, além de dificuldade de movimento das articulações. Estes sinais físicos da artrite são conseqüentes da inflamação do revestimento, ou membrana sinovial articular. As células do sistema imunológico que penetram na membrana sinovial, prolongam esta inflamação e podem causar danos nos tecidos. Caso esta inflamação persista ou não responda ao tratamento, pode ocorrer a destruição da cartilagem, osso, tendões e ligamentos próximos. Freqüentemente isto leva a deformidades nas articulações assim como a incapacidade, que pode ser permanente.

A artrite reumatóide pode fazer com que você se sinta muito doente, particularmente durante os períodos de acutização. Pode ocorrer perda de apetite, emagrecimento, apresentar febre baixa e pouca disposição. Pode aparecer anemia; ou seja, número de glóbulos vermelhos pode estar mais baixo que o normal. A quinta parte das pessoas com AR também apresentam nódulos reumatóideos, que são nódulos de tecidos que se formam sob a pele, geralmente sobre áreas ósseas expostas à pressão. Estes nódulos podem aparecer ao redor do cotovelo, mas podem também ser encontrados em qualquer parte do corpo, como dedos, coluna ou nos pés.

Em certas ocasiões, as pessoas com AR apresentam inflamação das membranas que envolvem o coração (pericardite) e pulmões (pleurite) ou inflamação do próprio tecido pulmonar. O ressecamento de olhos e boca, causada pela inflamação das glândulas lacrimais e salivares (síndrome de ressecamento ou síndrome de Sjögren), também é freqüente.

Algumas vezes, as pessoas com AR podem apresentar vasculite (inflamação dos vasos sanguíneos), que pode causar uma inflamação que afeta a pele, os nervos e outros órgãos ou tecidos.

Como é feito o diagnóstico da AR?

Para diagnosticar a AR, seu médico preparará uma historia clínica detalhada e realizará um exame físico.

O médico buscará certas características da AR, incluindo inchaços, calor e movimento limitado nas articulações, além de nódulos ou caroços sob a pele. Seu médico também lhe perguntará sobre cansaços e sobre uma sensação geral de diminuição da flexibilidade articular, principalmente quando se levanta de manhã, já que estes dois sintomas estão associados com a AR. O padrão de articulações afetadas e não afetadas pode ajudar a distinguir a AR de outras doenças.

Seu médico também poderá recomendar certos exames de sangue e radiografias. A presença de um anticorpo chamado fator reumatóide pode ser um indicio da AR, mas o fator reumatóide também pode se mostrar positivo em muitas pessoas que não têm AR. Outras alterações laboratoriais incluem anemia e uma elevação da taxa de sedimentação de hemácias (VHS) e aumento da proteína C reativa (PRC), a qual indica a presença de inflamação. Embora estes exames possam ser úteis para estabelecer o diagnóstico, não existe um exame único que defina ou exclua o diagnóstico da AR.

Embora durante a primeira etapa da AR as radiografias sejam normais, as lesões articulares que aparecem nos raios X, à medida que progride a doença, podem ajudar a confirmar o diagnóstico. Entre os resultados que podem sugerir a presença da AR estão: perda de massa óssea nas margens da articulação – (chamadas erosões – associadas à perda de cartilagem. Como o diagnóstico da AR requer experiência clínica, recomenda-se consultar um reumatologista, sempre que existam dúvidas sobre o diagnóstico.

Copyright © 2009 Bibliomed, Inc.                                         24 de agosto de 2009.



Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: