Publicidade

Artigos de saúde

Cosméticos - Informações úteis.

© Equipe Editorial Bibliomed

Neste Artigo:

- Como manter a pele hidratada?
- Existe algum efeito negativo dos cosméticos sobre a pele?

A pele é o maior órgão do corpo humano e um dos mais complexos, exercendo uma função principal de proteção e revestimento. Ela protege o corpo contra agressões do meio ambiente e é responsável por várias sensações (calor, frio, pressão, dor, tato), além de ter o seu importante papel na regulação térmica e controle do fluxo sangüíneo. Os pêlos, unhas e cabelos são os chamados anexos da pele.

A pele é dividida em camadas, sendo a epiderme a unidade mais superficial, exibindo a camada córnea (células mortas e queratina), que se assenta sobre um tecido de sustentação chamado de derme. A derme, por sua vez, localiza-se acima de uma camada conhecida como tecido subcutâneo ou hipoderme (região de concentração de gordura).

A ciência denominada cosmetologia vem ganhando importância, pois a preocupação com a estética começa a ganhar a ótica médica. O cosmético tem a finalidade de tratar a pele objetivando a prevenção de sua deterioração e o restabelecimento de seu equilíbrio fisiológico. As ações dos cosméticos compreendem: limpeza, correção, proteção e embelezamento da pele.

Vale lembrar que o termo cosmético deve-se limitar aos produtos com ação superficial, sem caráter terapêutico, não penetrando nas células nem auxiliando o sistema circulatório. Qualquer ação em profundidade sobre a pele e anexos, com produtos que alteram a estrutura celular, passa ao domínio médico e deve ser visto como medicamento. Atualmente, sabe-se que a maioria das substâncias utilizadas na formulação de cosméticos pertence ao grupo dos "produtos naturais modificados" que, embora obtidos na natureza, foram modificados em laboratório para apresentar propriedades mais atenuantes ou menos tóxicas.

Como manter a pele hidratada?

A camada córnea da pele contém aproximadamente de 10 a 20% de água e o seu grau de hidratação decorre do equilíbrio entre a água fornecida (endógena ou exógena) e as perdas por evaporação. Quando saudável e hidratada, a pele apresenta um aspecto brilhante e de plasticidade. A pele, quando desidratada, perde suas propriedades biomecânicas, biológicas e, sobretudo, estéticas, pois se torna opaca, áspera, sem elasticidade e com tendência à descamação. Essa desidratação pode ser evitada evitando-se as agressões externas ou utilizando produtos que corrigem e restabelecem o equilíbrio biológico.

Para manter sua pele bem hidratada, recomenda-se:

  • Evitar uso excessivo de sabonetes;
  • Evitar banhos muito quentes e prolongados;
  • Empregar hidratantes corporais regularmente;
  • Utilizar hidratante facial adequado ao seu tipo de pele (consulte um dermatologista para obter orientação adequada): hidratantes em gel são indicados para peles oleosas ou mistas, podendo ser empregadas as soluções chamadas de "oil-free"; nos casos de pele normal ou seca, podem ser utilizados os hidratantes na forma de creme.

Existe algum efeito negativo dos cosméticos sobre a pele?

Os efeitos secundários relacionados ao emprego de cosméticos são raros, se considerarmos o grande número de pessoas que entram em contato com as mais variadas substâncias utilizadas nestes produtos. O efeito colateral mais comumente observado é a dermatite de contato irritativa. Caracteriza-se por eritemas que causam ardor e coceira na pele, podendo apresentar microvesículas e descamação. Pode ser conseqüente ao pH das formulações ou aos produtos utilizados em associação à substância principal. Além disso, a fricção e a presença de partículas abrasivas nos cosméticos também podem causar irritação.

As causas mais comuns de dermatite alérgica, induzida por cosméticos, são as essências ou perfumes que estão presentes em suas fórmulas, seguidos pelos conservantes, que também fazem parte da fórmula do cósmético. Uma outra manifestação do uso de cosméticos pode ser a urticária de contato, caracterizada por pápulas e rubor após aplicação tópica de um produto químico, ou podendo ser generalizada com reação alérgica grave.

Um tipo de acne, também chamada de acne cosmética, pode ser induzido por substâncias presentes nos cosméticos, apresentando-se em alguns casos como uma erupção em forma de pústula. Sabe-se que nem todas as bases oleosas necessariamente produzem acne. Entretanto, recomenda-se para peles oleosas e com acnes, os géis, evitando-se o uso de cremes com alto conteúdo de gorduras.

Podemos concluir que tanto os cosméticos de superfície como os bioativos têm seus limites de atuação e os resultados vão depender da quantidade e qualidade da camada de proteção da pele. Muitas pessoas ainda acreditam em efeitos milagrosos dos cosméticos, esquecendo-se que os melhores resultados somente serão obtidos quando, aliados aos cosméticos, encontrarmos hábitos saudáveis de vida, como: abandono do tabagismo, ingestão adequada de líquidos, consumo de verduras e frutas e prática regular de atividade física.

Copyright © 2008 Bibliomed, Inc.                                        01 de fevereiro de 2008



Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: